Qual esponja usar na louça?

Para cada tipo de utensílio de cozinha, há a esponja certa para a limpeza. Veja quais são!

Texto Flávia Firmino | Ilustração Luiz Lentini | Adaptação web Caroline Svitras

Mesmo considerada uma das tarefas domésticas mais chatas, não há como evitar lavar a louça todos os dias. Há os que preferem realizar a limpeza logo após as refeições, e também os que acumulam as peças usadas ao longo do dia para lavá-las de uma só vez. Independentemente do método utilizado, existem algumas regras quanto à esponja certa para esfregar cada tipo de produto. Da mais comum, a dupla-face que contém uma parte em fibra abrasiva (verde) e outra em espuma macia (amarela), ao modelo de alumínio, elas têm suas próprias funcionalidades e, usadas incorretamente, podem danificar os produtos. Veja para que serve cada tipo de bucha e deixe as utilidades de cozinha brilhando.

Esponja para tarefas diárias, o tipo dupla-face serve para esfregar a maioria dos produtos de cozinha. No entanto, cada lado tem uma funcionalidade. A parte verde serve para a remoção da sujeira em superfícies de alumínio, como talheres, panelas e assadeiras. Já a parte amarela limpa produtos mais sensíveis e que podem riscar, como potes de plástico, vidro e porcelanas. Compartimentos transparentes de eletroportáteis, como o copo (parte acrílica) do liquidificador, devem ser limpos com a superfície amarela. Um detalhe é que porcelanas pintadas requerem um cuidado especial e devem se higienizadas apenas com um pano umedecido com água e detergente. Para panelas de inox e de cerâmica, procure por modelos especiais, como a Esfrebom Não Risca e a Scotch-Brite Não Risca.

 

Esponja de aço

Fique atento às especificações das embalagens quando comprar produtos de aço. Segundo Emerson C. Mota, gerente de branding de limpeza doméstica da 3M, a lã de aço é produzida com fios finos de aço e é usada na limpeza de superfícies de metal. Já a palha de aço é confeccionada em fios mais grossos de aço e é indicada para a remoção de materiais pós-obra, como argamassa.

 

Esponja de alumínio

O modelo de alumínio atua na remoção de sujeiras impregnadas e de difícil remoção em produtos mais resistentes, como espetos e grelhas. Ele não enferruja facilmente e, portanto, tem durabilidade maior. Como afirma Thabata Lima, gerente de marketing da Bettanin, o momento certo de descartar essa esponja é quando suas tramas começam a afrouxar.

 

Limpe a esponja!

Isso mesmo, o produto também precisa ser higienizado, pois acumula bactérias. “Lave a bucha em água corrente com detergente neutro, retire os resíduos de toda a superfície e leve-a encoberta por água ao micro-ondas. Esquente por 10 minutos, enxágue e deixe secar”, ensina Thabata. Outro modo eficaz é colocar a esponja de molho em água sanitária por 30 minutos.

 

Revista Decorar Mais por Menos Ed. 49

Adaptado do texto “Tudo bem limpinho”