Paredes escuras em casa? Pode, sim

Perca o medo de usar as tonalidades mais escuras nas paredes. Confira as dicas e os efeitos que elas provocam

Por Érica Carnevalli | Foto: Pinterest

🙂

Onde usar e não usar cores escuras?

As cores ou tons escuros tendem a aproximar um ambiente, tornando-o mais aconchegante. A escolha das cores em cada espaço da casa é uma questão pessoal, que deve ser resolvida entre o morador e o arquiteto. Em ambientes externos ou cômodos que estão mais expostos ao sol, usar cores claras é o mais recomendado, já que refletem a luz solar e não absorvem tanto calor. Claro, tudo isso caso essa seja a proposta do projeto.

Quais os efeitos dos tons escuros nas paredes?

Usar um piso ou o teto em cores escuras normalmente torna o ambiente mais fechado. Porém, esse tom acentua o volume. Incorporar essa cor no teto é interessante, pois inverte a volumetria tradicional. Brincar com cores em superfícies que não tendem ao convencional pode criar uma ilusão de ótica jamais concebida. Mas apostar na clássica parede de fundo também traz um volume bacana, ainda mais se combinar a tonalidade do chão e do teto.

Existem espaços ideais para usar esses tons?

Pintar paredes menores em tons escuros compacta visualmente o espaço, e os cômodos retangulares ou compridos são ideais para isso. Em espaços simétricos e quadrados, se a intenção é alongar o ambiente, o ideal é usar tons escuros em paredes opostas. Para rebaixar o teto, aplique tons claros nas paredes e cores escuras nele. Ao contrário, para criar a sensação de um pé-direito mais alto, pinte as paredes de cores escuras e o teto em tom claro.

 

Revista Decorar Mais por Menos Ed. 66