Monte sua árvore de Natal sem gastar muito!

Em tempos de crise é possível montar uma árvore de Natal sem gastar muito

Por Fabiana Gonçalves* | Foto: 123 RF | Adaptação web Caroline Svitras

Montar a árvore de Natal é o sinal universal que indica o encerramento de mais um ano. Conforme a tradição, a decoração natalina deve ser feita aos poucos, a partir do dia 17 de Dezembro. Apesar de ser rito tão aguardado pela maioria das pessoas, nesse ano muitas famílias desistiram da árvore devido à crise.

 

Visando essa dificuldade, a empresária Gisele Baradel, dona de um canal de decoração e lifestyle no YouTube, montou um guia de como montar a árvore gastando pouco. Segundo ela, o primeiro passo é escolher os itens que vão compor a decoração, com os símbolos que você mais deseja para a sua vida nesta época do ano. “O laço representa a união da família, dos amigos. As bolas representam as atitudes que tivemos ao longo do ano. A pinha simboliza a união. E os sinos, alegria”, lembra. Ela orienta que quatro símbolos já são o suficiente para deixar a árvore cheia e bonita.

 

A empresária orienta, também, sobre como distribuir os itens pelos galhos para tornar a decoração ainda mais atrativa. “A assimetria é muito importante. Por isso, sempre indico começar a montá-la com as luzes, fazendo o teste para ver se todas estão funcionando”, avalia, “e começo sempre de baixo para cima e de dentro para fora dos galhos que dão a sensação de profundidade”. Outra dica é não pendurar as bolas. “Eu tiro o bocal e encaixo as bolas na ponta dos galhos. Eles deixam a árvore mais cheia, se colocados dessa forma”, garante.

 

Gisele lembra, ainda, que para economizar na montagem é preciso comprar os artigos que vão compor a sua árvore em lojas de comércio popular, onde os preços são bem mais acessíveis, além de encontrar uma variedade muito maior de modelos e cores. “Aqui em São Paulo, sem dúvida, a rua 25 de Março, no centro, é possível encontrar uma infinidade de modelos com preços baixos”, avalia.

 

*Fabiana Gonçalves é consultora em Comunicação.