Ideias criativas para decorar sua minicozinha

Com ideias simples e criativas, você pode apostar em uma decoração que promete transformar sua minicozinha

Transformações ao longo da vida estimulam o desejo de renovar a casa e elementos que fazem parte do cotidiano. Insatisfeita com o antigo projeto da minicozinha, a pedagoga Teresa Cristina Gusmão recorreu ao arquiteto Edu Gomes para reunir suas preferências em um espaço de 4 m². “Já que a cozinha é o cômodo de  entrada do apartamento, o cuidado em agregar objetos que contribuam para a estética é essencial“, conta o arquiteto.

Dispor os eletrodomésticos móveis e enfeites de maneira inteligente sem comprometer a circulação foi o desafio superado, graças à seleção do que realmente precisava estar na cozinha. Por outro lado, a maranhense abusava do vermelho na antiga decoração. Então, a preocupação  do arquiteto foi manter a tonalidade em detalhes móveis e apenas em uma peça fixa: o cooktop. “Contei com a ajuda de uma especialista em Feng Shui para harmonizar os tons“, revela.

Espaço aéreo aproveitado

Uma das queixas da moradora era a falta de armários para organizar os utensílios domésticos. A ideia do arquiteto foi explorar a área superior. “Assim, é possível
atender às necessidades da moradora sem pesar na composição“, explica. Por outro lado, houve o cuidado de não preencher todas as paredes. Dessa forma, as pessoas que circularem pelo local não terão a sensação de aperto.

Como a pedagoga tem origem nordestina, a ideia foi explorar as cores vibrantes, que remetem à região, nos azulejos
e detalhes do ambiente. O escorredor de pratos suspenso é muito discreto, além de ser um ótimo aliado da otimização de espaço.

 

 

 

 

 

Segundo Feng Shui, a cor vermelha atua na área dos relacionamentos, oferecendo harmonia e disposição à moradora“, explica

Mais claridade

Para não correr o risco de que os objetos abaixo do micro-ondas fi cassem apagados, o arquiteto optou pela iluminação com uma fi ta de LED colocada sob o
nicho. Um ponto importante é que os eletrodomésticos foram posicionados em altura semelhante, conferindo maior linearidade. Para evitar o acúmulo de itens, a recomendação é utilizar apenas o que for essencial e precise estar sempre à mão.

Teresa sentia falta de um gaveteiro no  antigo projeto do cômodo. Com a mudança, os talheres possuem destino certo.

 

 

 

 

 

Revista Decorar Mais Por Menos | Ed. 62