Estilo Hygge: saiba como apostar na decoração simples e minimalista

Quem dá as dicas sobre o assunto e assina o lindo quarto é a arquiteta Beatriz Castanho

Por: Laura Martins | Fotos: Divulgação

Um dos estilos mais procurados pelos usuários do Pinterest, o hygge encanta pela simplicidade e minimalismo.

O que é o estilo Hygge?

É a tradução de um estilo de vida, da busca pela felicidade. É a criação de ambientes que vão muito além da beleza e do estilo. Espaços que, acima de tudo, sejam confortáveis e acolhedores, e que atraiam o máximo de pessoas queridas para essa casa. Família, amigos e bem-estar são os pilares desse estilo de decoração, já que é mais difícil ser Hygge quando se está sozinho.

De onde essa tendência vem?

Surgiu no norte da Europa, particularmente na Dinamarca, um país conhecido pelo alto índice de felicidade entre os seus habitantes. Os dinamarqueses passam muito tempo em casa durante os meses de inverno e, por isso, fazem questão de que esses espaços proporcionem conforto e acolhimento, tendo como objetivo principal criar um conjunto harmônico e convidativo.

Qual a inspiração para a decoração?

A inspiração para o estilo é a simplicidade e o intimismo. Na concepção dos dinamarqueses, a felicidade está nas coisas simples, além de se fazer presente também nas sensações que o espaço e as pessoas te proporcionam. Isso fica muito evidente nos espaços hygge, em que temos poucos elementos, mas ainda assim nos sentimos à vontade naquele ambiente.

+ Dicas

• Para usar o estilo em casa, o mais importante é criar a sensação de conforto e tranquilidade. A regra é abusar da luz natural para conferir um aspecto amplo e claro.

• Para o clima brasileiro (calor) é possível traduzir essa ideia através de texturas e tecidos macios, mas que não sejam tão pesados quanto os da versão dinamarquesa.

• A cor mais utilizada nesse estilo é o branco, mas existe espaço para os tons claros, principalmente os pastel. O preto e o cinza funcionam como contraponto para a composição.

• Plantas podem ser usadas nessa decoração em cachepôs apoiados no piso ou em vasos em arranjos minimalistas. A espécie mais usada é o cacto, por se adaptar facilmente em ambientes com pouca luz. Folhas de costela-de-adão em vasos simples com água também podem ser usadas.

• Fica ainda mais aconchegante com elementos naturais, como cerâmica, pelego, vime, plantas, coisas da floresta e tecidos, que podem aparecer em acessórios como almofadas, mantas e tapetes.

Revista Decorar Mais Por Menos | Ed. 74