10 maneiras de adaptar a casa para os bichos

Os animais conquistam espaço no coração e também no lar. Saiba quais medidas tomar para deixá-los à vontade

Texto: Natália Sá | Adaptação web: Nathália Henrique

Eles são nossos melhores amigos e se tornam parte da família. Uns ficam na área externa, já outros podem circular por todos os ambientes. Sejam vira-latas ou de raça, os bichos de estimação transformam a rotina do lar. Mas você já parou para pensar como evitar que o seu gato arranhe os móveis pela casa? Ou como seu cachorro pode parar de morder os objetos espalhados? Deixá-los em ambientes fechados e sozinhos pode fazer com que os pets fiquem entediados e passem a buscar formas de se entreter. Entretanto, simples alternativas podem são capazes de garantir que se sintam mais relaxados e seguros, mesmo nos momentos em que os tutores não estiverem por lá.

PROJETO: Decor In Design | foto: Divulgação
PROJETO: Decor In Design | foto: Divulgação
2. Facilite o acessoEm casas com muitos degraus, ou mesmo em móveis que os pets possam acessar, o ideal é dispor rampas feitas de espuma para que os animais subam e desçam sem grandes riscos. “Acidentes por queda de grandes alturas infelizmente são comuns. Cães bem pequenos podem se machucar simplesmente ao pular deuma cama, por exemplo”, alerta Cássia.
« 2 de 8 »

Revista Decorar Mais Por Menos | Ed. 71