10 maneiras de adaptar a casa para os bichos

Os animais conquistam espaço no coração e também no lar. Saiba quais medidas tomar para deixá-los à vontade

Texto: Natália Sá | Adaptação web: Nathália Henrique

Eles são nossos melhores amigos e se tornam parte da família. Uns ficam na área externa, já outros podem circular por todos os ambientes. Sejam vira-latas ou de raça, os bichos de estimação transformam a rotina do lar. Mas você já parou para pensar como evitar que o seu gato arranhe os móveis pela casa? Ou como seu cachorro pode parar de morder os objetos espalhados? Deixá-los em ambientes fechados e sozinhos pode fazer com que os pets fiquem entediados e passem a buscar formas de se entreter. Entretanto, simples alternativas podem são capazes de garantir que se sintam mais relaxados e seguros, mesmo nos momentos em que os tutores não estiverem por lá.

PROJETO: Decor In Design | foto: Divulgação
PROJETO: Decor In Design | foto: Divulgação
1. Separe um canto da casaOs animais se sentem mais seguros quando reconhecem um espaço tranquilo onde possam ficar. “Os pets gostam de ter um refúgio para descansar, se proteger ou brincar. Por isso, providenciar uma cama ou casinha própria para o animal permite a ele ter um local onde possa estar à vontade em determinados momentos”, explica Cássia Rabelo, adestradora da Cão Cidadão. Os achorros, por exemplo, preferem um lugar que seja perto de onde os donos costumam ficar. Já os gatos amam viver nas alturas.
« 1 de 8 »

Revista Decorar Mais Por Menos | Ed. 71